Beijando alérgicos

Photo by Analise Benevides on Unsplash

Dra. Catherine Martins

Para pessoas com alergias alimentares, as vezes, um beijo é mais do que apenas um beijo – é uma exposição ao que elas são alérgicas.

O mecanismo pelo qual o beijo pode induzir reações em indivíduos com alergias alimentares é o transporte passivo de moléculas alergênicas através da saliva, pele ou mucosa oral e consequente contato desses alérgenos com a pele ou mucosas das pessoas sensibilizadas.

Os alimentos mais frequentemente envolvidos são amendoim, nuts, frutos do mar, frutas e leite. Vale lembrar que raramente medicamentos podem estar envolvidos.

Os sintomas podem ser apenas localizados, como prurido na língua e na região da garganta, vermelhidão ao redor da boca e inchaço nos lábios. Em alguns casos, podem ser generalizados, como urticária e anafilaxia.

A gravidade pode depender da intensidade do beijo e também do grau de sensibilização do paciente.

O início dos sintomas ocorre geralmente minutos após o beijo. Por outro lado, o intervalo entre ingerir o alérgeno e dar um “beijo perigoso” pode variar de minutos, até 2-3 horas.

Maloney et al evidenciaram que após ingerir amendoim, o pico da proteína na saliva ocorreu em 5 minutos, chegando a ser detectado até 1 hora após, mesmo após os participantes do estudo terem escovados os dentes e enxaguado a boca com água. Wuthrich et al relataram reação por amendoim via beijo em paciente cujo crush não havia ingerido o alimento 2 horas antes do beijo.

Apesar de não haver consenso, evidências apontam que após escovação dos dentes/língua, enxágue da boca, e 3-4 horas sem ingerir o alimento não há níveis de proteína na saliva. Bom, agora vãos as dicas:

  • Não ingerir o alimento cujo crush tem alergia.
  • Se houve ingestão, realizar enxágue bucal abundante, escovação de dentes e língua, fazer um intervalo de 4 horas para o beijo. Neste intervalo, ingerir um outro alimento também ajuda no “clearance” do alérgeno 🙂
  • A pele pode ser uma rota para reações alérgicas caso o paciente além de alergia alimentar, tenha dermatite atópica. Então cuidado com “ beijos alergênicos” em lesões de eczema ativo!
  • Leve consigo sempre seu auto-injetor de adrenalina. E ..seja feliz!💋☺️

 

Dra. Catherine Martins
Ciência em Alergia e Imunologia
Alergista e Imunologista pela USP-RP
Profa. Alergia Imunologia Clínica UFCG
CRM 8106/RQE 5524
@imunogram