Alergia alimentar: O que colocar nas lancheiras das crianças? Parte 2

Adriana Costa

Por Flavia Ribeiro

Dando continuidade a nossa série, trazemos mais algumas questões para a Nutricionista Adriana Costa. Se você ainda não leu a primeira parte, acesse aqui. 

Como substituir os alérgenos proibidos por alimentos equivalentes?

Adriana Costa –  É preciso estar atento pois existe o alimento equivalente nutricionalmente e o alimento que pode ser utilizado como substituto em receita. Além disto é necessário praticar para aprender a utilizar os substitutos, pois a textura, o sabor e várias outras características são diferentes, não espere que a receita inclusiva fique exatamente igual a receita original !

Como aprender sobre grupos de alimentos e valor nutricional sendo apenas pais e mães e não profissionais da nutrição?

Adriana Costa –  Acho que o mais importante é saber montar as refeições da criança com todos os grupos alimentares; observe a minha logomarca  é um pratinho convencional com as proporções dos grupos alimentares; 

vermelho – legumes 

verde – folhosos 

amarelo- proteína animal 

marrom- leguminosas

branco- cereais ou tubérculos

Você pode nos dar um exemplo de receita que em geral faz sucesso com as crianças e é livre dos principais alérgenos que causam reações entre os brasileiros?

Adriana Costa –  Vou resumir:

Pão de Beijo (sem leite, ovo, trigo, soja, castanha e milho)

Ingredientes

2 xícaras de batata baroa cozida amassada (pode substituir por outro tubérculo de sua preferência, mandioca, batata doce, etc.)

1 xícara de polvilho doce

1/2 xícara de polvilho azedo

70 ml de óleo ou azeite

40 ml de água 

1 colher de sopa de chia (opcional)

sal *e tempero a gosto (orégano e alecrim)   

*(não utilizar para bebê menor de 1 ano) 

Modo de preparo 

Pré aqueça o forno por 10 minutos antes de assar, misture bem todos os ingredientes com as mãos, a massa vai ficar parecendo uma massinha de modelar.

Enrole as bolinhas e coloque para assar ! 

Fique atenta ao forno pois ele assa muito rápido. Se gostar de mais crocante deixe por um tempo maior! 

Referências: 

  1. BRASIL, Ministério da Saúde. Guia Alimentar para crianças Brasileiras menores de 2 anos, Ministério da Saúde, Brasília DF, 2021. www.saude.gov.br/bvs>
  2. YONAMINE H, G; SARNI, R, O, S ;Terapia Nutricional: etapas envolvidas, in: COCCO ,R, R; MENDONÇA R, R; SARNI,R ,O, S;SOUZA, F, I, S, S; SOLÉ, D  Terapia Nutricional na Alergia Alimentar em Pediatria, Ed Atheneu, 2019. (p.19/38).

 

Flávia Ribeiro Nunes Pizelli, jornalista,
produtora de conteúdo e mãe de alérgicos!
E-mail: ribeironunesflavia@gmail.com

Leia + posts

Leia também:

Alergia alimentar: O que colocar nas lancheiras das crianças? Parte 1

Ebook: “Culinária inclusiva”

Aniversários são datas especiais, comemore!!!!

O "bolo" de melancia Flávia Ribeiro Eu sou daquelas pessoas que acredita que celebrações de aniversário Leia mais

Dicas para interação social segura e saudável

Conhecendo uma universidade e um esqueleto de dinossauro Por Flávia Ribeiro Com a necessidade do isolamento Leia mais

As faces e interfaces da solidão na Alergia Alimentar

Mateus, Lucas e Felipe Por Flavia Ribeiro “Solidão amiga do peito Me dê tudo que eu Leia mais

Lancheiras adolescentes: desafios de cor, sabor e nutrientes. Parte 3

Vitória Jesus: Goiaba como alimentação na escola. Por Flavia Ribeiro entrevista a Nutri Adriana Costa e Leia mais