Urticária não é SÓ alergia

Dra. Ana Carolina Rozalem
@dra.anacarolinarozalem

Talvez a urticária seja a personificação da alergia: é vermelho e coça pra caramba, então batata! É alergia! #sqnemsempre

A urticária é um sintoma muito comum: 20% das pessoas vão ter urticária pelo menos uma vez na vida.

Mais de 2/3 resolvem em menos de 6 semanas – são as Agudas. O resto, que ultrapassa 1,5 mes são as Urticárias Crônicas – assunto para outro post.

As causas mais comuns são ingestão de medicamento ou alimento, picadas de insetos, infecção mas em uma boa parte a causa nunca é encontrada – principalmente nas que duram mais tempo.

Em crianças alguns estudos mostram que 80% das urticárias agudas estão associadas com infecção! O problema é que muitas também usam antibiótico – o que confunde. Mas com correta investigação o antibiótico é a causa apenas numa pequeníssima minoria de casos.

Das causas verdadeiramente alérgicas (mediadas por IgE) as mais comuns são:

– Medicamentos: antibióticos penicilinas e cefalosporinas
– Insetos: sejam os venenosos (abelha, vespa, formiga) ou pernilongo, ácaro e bedbugs.
– Latex
– Alimentos

Algumas causas “imitam” reações alérgicas mas não são IgE-mediadas: drogas opióides, relaxantes musculares, contraste radiológico e alguns alimentos (tomate, morango).

Anti-inflamatórios não esteroidais podem causar urticárias por reações alérgicas a uma droga específica ou não específica e o paciente ter reação a toda a classe.

Peixe mau acondicionado também pode causar uma reação que imita a alérgica mas é devido ao excesso de histamina acumulada naqueles de carne escura como o atum. Neste caso, além da urticária o paciente tem vermelhidão em face e pescoço, diarreia e dor de cabeça.

Estímulos físicos – frio, mudanças bruscas de temperatura do corpo, pressão ou vibração, exercício e sol também causam urticária mas são infrequentes.

Mastocitose, Câncer e doenças auto-imunes como Lupus, Artrite, Vasculite e Tireoidite também podem se apresentar com urticária.

Nem toda urticária é alergia. Procurem a causa correta!

Leia também no Conexão Alimentar:
Alergia alimentar: Como evitar?

Em um estudo famoso, 1 cão diminuiu o risco e NENHUMA criança que possuía 2 cachorros Leia mais