Entrevista com Graciele, da Dois Corações Hambúrgueres Artesanais

Graciele Pereira e Thiago: muitas histórias inspiradoras.

Por Bianca Kirschner

Para não esquecer o primeiro Burger.

Hoje é a entrevista com Graciele Pereira, da Dois Corações Hambúrgueres Artesanais, de Primavera do Leste-MT.

Ela fala um pouco dos desafios de criar um local inclusivo para alérgicos alimentares juntamente com seu esposo e sócio, Thiago Miranda! Os dois contam histórias inspiradoras e comentam a importância desta iniciativa se multiplicar cada vez mais.⠀ ⠀

“Acreditamos que o que falta, são mais empreendedores do ramo de alimentação se engajando nessa causa. E mais pessoas, como você, através das suas redes sociais, compartilhando o conhecimento com todos.”

Leia a entrevista na íntegra.

Fale-nos um pouco da Hamburgueria, como surgiu, a história.

A história da Dois Corações Hambúrgueres Artesanais começou no início de 2019.

Veio a partir do incentivo do meu esposo e sócio, Thiago Miranda, de nos tornarmos empreendedores. Unimos essa vontade às minhas habilidades na cozinha.

Passamos alguns meses estruturando a empresa e em 26/10/2019, iniciamos as atividades.

Escolhemos o nome Dois Corações porque nos representa e fazemos tudo aqui com muito amor.

Quais são os maiores desafios nesse mercado de comidas inclusivas?

O maior desafio é a mudança em nossos hábitos diários aqui na operação da hamburgueria. Pois tivemos que realizar várias mudanças, desde os processos de limpeza até nosso comportamento. Por exemplo, colaboradores da cozinha exclusiva, não podem entrar na cozinha tradicional e vice e versa.

Certamente a produção dos insumos para os hambúrgueres também é um grande desafio. Mas fomos agraciados aqui e a Bruna da Delícias da Fer, nossa grande parceira e amiga, é nossa fornecedora também, ela que faz a mágica da produção dos insumos que precisamos.

Mesmo ainda muito recente no mercado, você já tem alguma história inspiradora vivida por vocês para contar para os nossos leitores?

Certamente temos muitas e teremos sempre.

A primeira história linda, é que tivemos o privilégio de realizar o sonho da Fer, filha da Bruna, de comer seu primeiro hambúrguer. Foi maravilhoso ver o brilho no olhar dela e a vontade com que “devorou” o seu primeiro burguer.

Além disso, recebemos famílias que já não saíam de casa, porque tinham alguém na família com algum tipo de restrição alimentar, devido a alguma alergia, intolerância ou doença celíaca.

E também recebemos muitas crianças que vêm para comer o seu primeiro burguer. Cada uma nos traz muita alegria e felicidade.

Recebemos muitas mensagens de gratidão por estarmos nos preocupando com o próximo e permitindo que façam suas refeições, com burguers preparados com muito carinho, em uma cozinha e super saborosos.

Qual a visão de futuro que vocês projetam para a Hamburgueria?

Sabemos da importância e do bem que fazemos hoje qui na Dois Corações. Pois percebemos ao longo dessa caminhada que podemos levar IGUALDADE através dos nossos burgers.

Mas eu e o Thiago, ainda não nos sentimos à vontade em falarmos que nossa hamburgueria é inclusiva.

Consideramos que será inclusiva, quando estivermos preparados para atender surdos, mudos, deficientes visuais e autistas.

Vamos dar cada passo necessário conforme Deus nos abençoar e na hora certa.

O que ainda é necessário quando se fala em intolerância e alergias alimentares?

Ainda temos muito que aprender, não temos ninguém em nossas famílias que têm algum tipo de restrição, intolerância ou alergia alimentar ou doença celíaca.

Mas mesmo assim, compreendemos que podíamos fazer algo diferente do que estava sendo feito.

Acreditamos que o que falta, são mais empreendedores do ramo de alimentação se engajando nessa causa. E mais pessoas, como você, através das suas redes sociais, compartilhando o conhecimento com todos.

Para que a inclusão sócio alimentar deixe de ser um bicho de sete cabeças e passe a fazer parte do nosso dia a dia.

Nós desejamos que todos possam se sentir IGUAIS.

Por isso, nossos burgers são para todos e na medida certa.

Redes:

@grafranschetpereira
@thiagohenrique.mirandaferreira
@hamburgueriadoiscoracoes

Galeria:

Alergias alimentares no ambiente escolar: entrevistamos a Nutricionista Ninodja Kadja

A Nutricionista (CRN-34780) Ninodja Kadja Peixoto Nóbrega Teodósio Qual é a experiência dentro das escolas que Leia mais

Entrevista com Andrea Rodrigues, criadora da Tina’s Bite.

Andrea Rodrigues, mãe de Valentina, 10, e Giovanna, 8, conversou com o Conexão Alimentar sobre alergias alimentares e seus vários Leia mais

Entrevista: Sandra Matunoshita, da SOS Alergia

Por Bianca Kirschner Criada em 2004, a SOS Alergia ( SOS alergia - Produtos para os Alérgicos ) vem alcançando Leia mais

Entrevista: Sarah Lazaretti, da Alergoshop

"Uma coisa que acho importante é a conscientização, por exemplo, de bares e restaurantes, entenderem a Leia mais