Celíaca, Michelle se formou em gastronomia ao adotar uma nova dieta

Michelle Ivanovo, São Paulo
https://www.instagram.com/mi_ivanovo/

Sou celíaca confirmada desde 2012, ou seja, não posso consumir os alimentos que possuem glúten. Sou 100% a trigo, malte, cevada , centeio e aveia.

Os cuidados se iniciam na compra de produtos, leitura de rótulos e análise de todos os ingredientes que entram em casa.

Não reutilizo o óleo de frituras de alimentos, pois ele já está contaminado. Da mesma forma, procuro sempre me informar nos restaurantes se o óleo e os utensílios são livres de contaminação cruzada e/ou se possuem cardápio livre de glúten.

Não coloco no forno ao mesmo tempo alimentos com e sem glúten.

Alguns medicamentos podem conter farinha de trigo na composição, então leio TUDO antes de consumir.

Sou católica e não posso mais comungar, já que a hóstia contém glúten.

Resumidamente, a alimentação precisa ser de produtos naturais com o mínimo de processo de industrialização.

Tirar o glúten da dieta foi extremamente desafiador, mas certamente ter uma vida social normal SEM consumir nada industrializado foi o mais difícil.

Comer está associado ao afeto e ao amor, assim minha família passou muito tempo tentando oferecer opções, substituições, sem entender exatamente o que era o glúten e os reais riscos para minha saúde. Muitas vezes, achavam que era exagero, que apenas um pedaço não faria mal.

Demorou muito para que houvesse uma compreensão da gravidade e da complexidade da doença.

Profissionalmente, não me atrapalha, pois sou muito discreta nesse ponto. Evito comentar para não deixar as pessoas desconfortáveis ou preocupadas.

Entretanto, na vida pessoal muita coisa mudou. Para festas, casamentos, aniversários e comemorações eu já saio de casa alimentada. (risos)

Pizza no fim de semana não é uma opção. McDonalds ou fast food também não.

Macarronadas da mamãe no domingo foram excluídas.

Mas me formei em gastronomia para dominar novas técnicas na cozinha e voltar a ter prazer em me alimentar .

Hoje estou  mais consciente e disciplinada, afirmo que é possível ter uma vida normal.

Instagram: @mi_ivanovo 

Leia também no Conexão Alimentar:
Plano de Ação para Emergências – Faça o Download

Para colaborar com médicos e famílias, o Conexão Alimentar criou sua versão do Plano de Ações para Emergências, composto dos Leia mais

 Você sabe o que é anafilaxia?

Durante essa Semana de Conscientização das Alergias Alimentares, queremos reforçar alguns dos diversos sintomas da anafilaxia. Eu mesma, mãe de Leia mais

#EuApoioPL4155/2019 – Passe adiante esta ideia!

Que tal nesta "Semana da Conscientização das Alergias Alimentares 2020", organizada pelo Conexão Alimentar, disseminar o Projeto de Lei da  Leia mais

Metrópole FM entrevista nesta quarta a Dra. Ariana Yang

A Metrópole FM entrevistou na quarta 13 de maio a Dra. Ariana Yang. Ela é Doutora em Ciências pela USP, Leia mais