Como você tem educado seu(sua) filho(a) alérgico(a) sobre os cuidados em relação às suas restrições alimentares?

Pais devem estar sempre perto, a caminhar, enquanto eles estão na jornada. Foto: Mariana Arias

Bianca Kirschner

Na nossa casa, posso enumerar alguns itens:

  • Ainda pequeno, evidenciamos que ele sempre só podia comer a comida com o nosso consentimento e que ele não podia comer nada dos outros. Então, ele logo aprendeu a questionar e também a explicar que ele tinha alergias alimentares.
  • Explicamos que glúten e ovo faziam ele ficar com dor de barriga (na realidade, posteriormente ele entendeu que as reações eram muito mais severas).
  • Lemos vários livros infantis sobre alergias alimentares.
  • No processo de alfabetização, começamos a deixar ele ler os rótulos.
  • Sempre falamos abertamente para todos e demonstramos para ele nossa felicidade com algum detalhe de inclusão, um novo alimento achado e também compartilhamos com ele nossas frustrações juntamente com explicações de por que algum lugar, algum comentário, algum produto não era apto para nós.

 

Bianca Kirschner,
mãe de Lucas e Felipe,
é criadora e diretora
da plataforma Conexão Alimentar

Leia + posts

 

 

LEIA TABÉM:

Conexão permanente

Projeto Halloween inclusivo no Conexão. Faça o download do cartaz e também para colorir

Por Bianca Kirschner Sim, aqui vai ter Halloween Inclusivo, ou Dia das Bruxas, para quem preferir. E as crianças com Leia mais

Sim, não, talvez?

Bianca Kirschner Nós que convivemos com alergias alimentares precisamos aprender e saber dizer não! Acho que lá no início da Leia mais

Sobre cozinhas seguras. Um tema sempre atual.

Lucas: refeição segura sempre. Bianca Kirschner Acredito que a cozinha mais segura para o meu filho Leia mais

O que alérgicos alimentares podem experimentar dias depois de uma reação alérgica grave?

Bianca Kirschner Aqui na nossa casa, já vivenciamos algumas reações severas e pelo menos em duas ocasiões vimos o comportamento Leia mais