Alergia alimentar: O que colocar nas lancheiras das crianças? Parte 1

Josi Gama, mãe de Ester e Elisa

Por Flavia Ribeiro

Muitos pais e responsáveis por alérgicos alimentares beiram o desespero quando descobrem que a criança é alérgica, ao pensarem em como elas vão comer na escola.

Com a alergia, em geral, vai embora a praticidade de comprar merenda pronta para o lanche. Quase tudo industrializado não cabe na dieta de um alérgico e ainda por cima é mais caro e mais difícil de encontrar para quem mora fora dos grandes centros do Brasil.

A social media Josi Gama, mãe de Ester e Elisa, de três e seis anos, está na busca por uma lancheira que as meninas amem e fiquem bem alimentadas. “Estamos lutando a cada dia para fazer algo atrativo. Eu chorei de desespero quando não soube o que colocar. Elas enjoaram das opções que eu estava colocando e com a alergia múltipla a gente não pode muita coisa”, revela.

A nutricionista Adriana Costa, especialista em alergia alimentar, alerta em entrevista para alguns detalhes que não devem ser esquecidos na hora de montar o lanche, seja para ser consumido em casa ou na escola. Ela vai nos ajudar na missão de fazer uma lancheira nutritiva, saudável e atraente.

O que os pais ou responsáveis precisam ter em mente quando vão montar as lancheiras das crianças?

Adriana Costa – As lancheiras devem ser montadas tendo como base as recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira1, e para elaborar lanches saudáveis para crianças alérgicas não deve ser diferente. É preciso seguir as mesmas recomendações nutricionais, respeitando a restrição de cada criança.

A base da lancheira deve conter os seguintes alimentos; de acordo com a faixa etária esta composição irá variar;

Cereais: aveia, centeio, milho, trigo, triguilho, farinhas de diversos tipos, fubá, entre outros. NÃO USE cereais matinais industrializados e nem biscoitos que utilizam o nome CEREAIS como chamativo. Pão caseiro é a melhor opção, portanto EVITE os industrializados.

Frutas in natura e desidratadas, em compotas cozidas ou assadas (uma dica é cozinhar no suco de laranja pois não precisa colocar açúcar). PREFIRA as que não escurecem como mamão, manga, morango, abacaxi.

Para beber nada melhor que a ÁGUA PURA. Café, erva mate, chá verde e preto não são recomendados para crianças menores de 2 anos.

Ovos, carnes e frango

Que grupos de alimentos são importantes para as crianças até 10 ou 11 anos? Você pode nos dar exemplos de uma lancheira nutritiva e segura ?

Adriana Costa: Vou fazer um resumo.

6 meses até 2 anos :
Leite Materno ou fórmula + Fruta
O leite materno é um alimento único e o padrão ouro de nutrição infantil, e como segunda opção temos as fórmulas infantil.

Exemplos :
leite materno + mamão
leite materno + banana
fórmula infantil + pera

A nutricionista Adriana Costa

Entre 1 e 2 anos :
Leite Materno ou fórmula infantil + fruta ou cereais (pães caseiros, aveia, cuscuz de milho) ou raízes e tubérculos (mandioca, batata doce, inhame)
Não tenha resistência em ofertar as raízes e tubérculos nos lanches pois ele são excelentes fontes de energia e rico em micronutrientes.

Exemplos:
leite materno + maça + pão caseiro receita inclusiva
leite materno + banana c aveia amassada
fórmula infantil + pera + cuscuz de milho
fórmula infantil + mamão + batata doce

A partir de 2 anos:
A recomendação é que a comida da criança seja a mesma da família, portanto preparada com pouco sal, e sem uso de alimentos ultraprocessados e frituras.

Nesta fase a velocidade de crescimento e ganho de peso são menores do que nos 2 primeiros anos de vida, e consequentemente diminui o apetite

Cereal + Proteína + Fruta

Exemplo :
Pão caseiro receita inclusiva + frango desfiado + abacaxi
Bolo de aveia inclusiva + queijo/ queijo de soja + laranja
Batata doce assada + coalhada caseira/vegana + uva
Pão de abóbora + leite / leite vegetal com banana

Para as crianças maiores de 7 anos é preciso ter mais criatividade, pois além de terem muito apetite, nesta fase algumas passam a ter mais contato com alimentos industrializados e os alimentos estilo fast food; sendo assim tenho algumas sugestões;

Exemplo:
Sanduíche com pão e hambúrguer feitos em casa + laranja
Pizza com massa caseira e recheio com frango ou carne, e legumes + abacaxi
Cachorro quente com pão caseiro, linguiça (sem aditivo químico) e molho de tomate feito em casa + tangerina

Continua na próxima quinta-feira.

Flávia Ribeiro Nunes Pizelli, jornalista,
produtora de conteúdo e mãe de alérgicos!
E-mail: ribeironunesflavia@gmail.com

Leia + posts

Leia também:

Volta as aulas: quando o conhecimento faz a diferença!

Ebook: “Culinária inclusiva”

 

Aniversários são datas especiais, comemore!!!!

O "bolo" de melancia Flávia Ribeiro Eu sou daquelas pessoas que acredita que celebrações de aniversário Leia mais

Dicas para interação social segura e saudável

Conhecendo uma universidade e um esqueleto de dinossauro Por Flávia Ribeiro Com a necessidade do isolamento Leia mais

As faces e interfaces da solidão na Alergia Alimentar

Mateus, Lucas e Felipe Por Flavia Ribeiro “Solidão amiga do peito Me dê tudo que eu Leia mais

Lancheiras adolescentes: desafios de cor, sabor e nutrientes. Parte 3

Vitória Jesus: Goiaba como alimentação na escola. Por Flavia Ribeiro entrevista a Nutri Adriana Costa e Leia mais